terça-feira, 16 de agosto de 2011

A importância do ômega 3 na capacidade mental

O cérebro humano representa apenas 2% do nosso peso total, mas usa aproximadamente 20% do oxigênio consumido por todo nosso corpo quando está em repouso. Ele é um órgão complexo que só recentemente tem sido desvendado.

Você já sabe que os alimentos que comemos influenciam o nosso corpo. Mas o que você não sabe ainda é que eles podem ter muito mais do que uma simples influência no funcionamento do nosso cérebro.

O humor, a motivação e a performance mental estão intimamente ligados aos alimentos que ingerimos.Estudos mostram cada dia mais que algumas substâncias contidas em determinados alimentos podem aumentar a capacidade mental.

Mais de 20% do cérebro é composto de substâncias gordurosas que desempenham importantes funções. A saúde do nosso cérebro depende não só da quantidade de gordura que ingerimos, mas principalmente do tipo de gordura.

A performance mental exige um tipo específico de gordura encontrado mais frequentemente em peixes, conhecidos como ácidos graxos Omega-3.

Os ácidos graxos Omega-3 são conhecidos por serem componentes fundamentais da membrana externa das células cerebrais. É através dessa membrana que todos os sinais nervosos fluem.

Então a presença de Omega-3 cria um ambiente ideal para a troca rápida de "mensagens" entre as células do nosso cérebro. Se o cérebro para de receber Omega-3, ele procura se adaptar a essa deficiência. Como consequência ele fica "preguiçoso" e as respostas passam a ser mais lentas. Quando esse comportamento é repetido dia-após-dia, o cérebro passa a encarar esse novo estado como sendo o seu novo padrão normal de funcionamento.

É aí que problemas de memória, alterações de humor e dificuldades de aprendizado podem se tornar frequentes.

Estudos mostram que o consumo regular de Omega-3 está ligado aos seguintes benefícios:

boa concentração;
boa memória;
motivação;
boas habilidades motoras;
boa velocidade de reação;
neutralização do stress;

As fontes principais de Omega-3 são os peixes de águas profundas e frias (salmão, atum, bacalhau, arenque, cavalinha, sardinha, truta) e os óleos de peixe.

A American Heart Association recomenda o consumo de peixe (peixe especialmente gordos como a cavala, a truta do lago, arenque, sardinha, atum e salmão) pelo menos 2 vezes por semana.

Para quem não gosta ou não inclui os peixes ou os óleos de peixe no cardápio, as sementes de linhaça e óleo de linhaça são as melhores alternativas como fonte de Omega-3.

Além de todos esses benefícios para o cérebro, o Omega-3 atua na redução dos níveis de triglicérides e consequentemente reduzir os riscos de doença do coração,melhorando consideravelmente a condição de pessoas que sofrem de depressão,artrite,osteoporose,doença de pele entre outros.
Seu grande poder anti-inflamatório lhe confere essas virtudes.
Mas é muito bom ressaltar que o excesso de ômega 3 retarda a coagulação sanguínea e o necessário de consumo são 10% do valor calórico total do dia.

Fontes: http://www.livestrong.com/article/380091-does-omega-3-fish-oil-improve-brain-function/
http://www.umm.edu/altmed/articles/omega-3-000316.htm
http://www.corpoperfeito.com.br/artigo/VisualizacaoArtigo.aspx?IdArtigo=25

Vídeo informativo abaixo:



3 comentários:

  1. Oi colega.Óleos Omega 3 são ácidos gordurosos poliinsaturados – que são gorduras ‘boas”. Existem dois tipos de ômega 3, e cada um tem um efeito levemente diferente no corpo. Plantas e vegetais produzem AAL (Ácido Alfa Linolênico),enquanto os peixes são responsáveis pelo ADH Ácido Docosahexaenóico e pelo AEP Ácido Eicosapentanóico.
    Estudos mostram que ambos os tipos de ômega 3 têm um efeito protetor para a saúde do coração e são importantes para a função e desenvolvimento de cérebro.
    Os ácidos graxos ômega 3, como o ácido alfa-linolênico, ácido eicosapentaenóico e o ácido docosahexanóico, são ácidos carboxílicos poliinsaturados, em que a dupla ligação está no terceiro carbono a partir da extremidade oposta à carboxila. Muitos deles (e outros ômega 6) são chamados de "essenciais" porque não podem ser sintetizados pelo corpo e devem ser consumidos sob a forma de gorduras [1].
    A ingestão do ômega 3 auxilia na diminuição dos níveis de triglicerídeos e colesterol ruim LDL, enquanto pode favorecer o aumento do colestrol bom HDL. Possui ainda importante papel em alergias e processos inflamatórios, pois são necessários para a formação das prostaglandinas inflamatórias, tromboxanos e leucotrienos.
    O ômega 3 é reconhecido como sendo um nutriente cardioprotetor. Os efeitos cardioprotetores do ômega-3 parecem dever-se, principalmente, a uma combinação de resultados nos seguintes parâmetros de risco à saúde cardiovascular:
    Diminuição do triglicerides no sangue;
    Prevenção de batimento cardíaco irregular (antiarritmia);
    Diminuição da pressão sanguínea;
    Ajuda o combate ao câncer;
    Ajuda com depressão;
    Redução da agregação plaquetária e;
    Aumento da fluidez do sangue.
    Redução de episódios psicóticos
    O ômega 3 é essencial para o funcionamento de dois órgãos importantíssimos: o cérebro e o coração. No coração, ele diminui o risco de ataques cardíacos, pois ele evita que as gorduras ruins (hidrogenadas e as saturadas) se fixem nos vasos sanguíneos, fazendo assim com que eles se entupam, causando os ataques cardiovasculares.
    Já o cérebro é constituído de 20% de gordura, então é importante o consumo de ômega 3 para deixá-lo ativo, em sua deficiência o cérebro funciona lentamente causando assim a falta de memória.
    Mas é muito bom ressaltar que o excesso de ômega 3 retarda a coagulação sanguínea e o necessário de consumo são 10% do valor calórico total do dia.
    Os cientistas observaram uma incidência curiosamente baixa de doenças cardiovasculares entre os esquimós da Gronelândia, apesar de sua alimentação conter alto teor de gordura. O motivo é a sua alimentação, que consiste em peixes ricos em ácidos graxos ômega-3. Este é o ponto de partida para maiores estudos sobre a importância do omega-3 para a saúde humana. abs

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigado por essa colaboração!!!
    Valeu e um grande abraço!
    Já adicionei a recomendação no post. :D

    ResponderExcluir
  3. Pessoal, o site http://www.iherb.com/ é um excelente site americano para compra de vitaminas, suplementos e produtos naturais importados de qualidade com preços muito mais baratos que os praticados aqui no Brasil. Eles ainda dão desconto de 5 dólares na primeira compra para quem utilizar o cupom NAK992. O frete para o Brasil custa apenas 4 dólares. Eles vendem ômega 3 de várias marcas, mas o campeão de vendas no site e que teve melhor avaliação entre os usuários é este aqui:

    http://www.iherb.com/Natural-Factors-RxOmega-3-Factors-EPA-400-mg-DHA-200-mg-240-Softgels/4251?at=0

    O link acima refere-se ao frasco com 240 cápsulas, que custa U$29, mas também tem o de 120 cápsulas, que custa U$16, enfim, não tem nem comparação com os ômegas 3 que são vendidos aqui no Brasil, principalamente esses que são anunciados na TV, são muito caros. Aliás, este ômega que estou recomendando, além de ser mais barato, ainda tem 200mg de DHA e 400 de EPA, ou seja, são bem potentes, mais do que qualquer outro que vende por aqui.
    Bom, fica a minha dica. Acho que vale a pena!

    ResponderExcluir

Seja bem vindo e comente!
Obs:Qualquer debate ofensivo entre comentaristas será contido.